Programa DESEMPENHO MÁXIMO

O Programa +Carne Pasto, visa realizar o abate de animais com menos de três anos de idade, com maior peso no abate e um ótimo acabamento de carcaça, o que pode refletir em melhores rendimentos de carcaça e consequentemente, um maior número de arrobas produzidas por hectare/ano. Tais resultados podem ser obtidos com suplementação específica e feita de forma estratégica ao longo do ano. Ao adquirirmos os animais desmamados ao redor dos 7 meses de idade, o ideal seria que estes já viessem do sistema de creep-feeding, devido ao melhor desenvolvimento do trato digestório promovida pelo sistema e que tenham o máximo de peso possível.

Quanto maior for seu peso na desmama, menor será seu tempo até o abate. Sabemos que nem sempre isto é possível, então a suplementação proteica e energética se faz necessária para resultar no máximo de ganho possível em cada etapa de vida do animal para alcançar o objetivo final. O principal objetivo do programa é acelerar ao máximo o ganho de peso dos animais ainda na fase jovem, pois é neste momento que os animais apresentam uma melhor conversão alimentar e o valor da arroba colocada é menor do que quando comparado com os animais adultos, pois 75% da energia que o animal consome vai para sua manutenção que por sua vez é maior nos animais com maiores pesos corpóreos.

Durante o período de seca, a atenção deve ser redobrada, pois as pastagens não conseguem fornecer nem o mínimo da proteína bruta que os animais precisam, e sendo assim, estes podem vir a perder o peso já conquistado durante o período das águas, onde temos então o conhecido “Boi Sanfona” (perde peso na seca e ganha nas águas). Devido a este fato, é importante que utilizemos suplementos proteicos para melhorarmos a atividade da microbiota ruminal e com isso diminuir o tempo de permanência do animal na propriedade, maximizando o consumo de matéria seca e favorecendo até mesmo ganhos de peso significativos, sendo que, neste período tipicamente os animais perdem peso quando não são suplementados corretamente.

Durante o período de águas, temos que aproveitar ao máximo toda a oferta de alimento existente, aumentando a eficiência na digestão desta forragem, para isso precisamos aumentar a quantidade de energia na dieta dos animais, fazendo-se uso de suplementos proteico energéticos com o objetivo de aumentar o consumo de forragem e assim a taxa de ganho de peso, o que acelerará todo o processo de desenvolvimento dos animais.

Próximo ao peso pretendido para o abate é preciso estimular o acúmulo de gordura para melhorar o acabamento de carcaça do animal e, para alcançar este objetivo, é necessário que além da forragem de qualidade, seja feito o uso da suplementação energética com ingestão de 0,3 a 0,4% do peso vivo dos animais para refletir em maiore

Topo